quinta-feira, 13 de março de 2014

És o melhor de Deus

Há muitas moradas na casa de meu Pai...Sois filhos do altíssimo, vossos lugares estão assentados na glória do Senhor. Podeis até protelar um pouco teu retorno, mas seu lugar está lá. Muitas coisas prolongam um pouco mais este retorno, vossa falta de vigilância quanto às pedras pelo caminho os fazem desviar desse caminho de luz, mas teu Pai te ama tanto que te envia seus melhores trabalhadores a te conduzir de volta a estrada do céu. Dura e longa parece a jornada, mas aos olhos divinos não se passaram mais que alguns minutos. Vede também assim, tuas tribulações são rápidas e passageiras, vossa lamúria é que é árdua e duradoura. E o que em verdade é tão pequeno se torna imenso aos teus olhos alienados. E as bênçãos, que deveriam ter grande relevância e atenção, parecem ser breves e repentinas. Já pôs-se a pensar sobre isso? O sofrimento tornou-se uma marca em teu íntimo, e vivencia esses momentos ansiando quando virão os próximos. Já a bênção fica no lucro quando vêm. É hora de inverter prioridades, desdenhar do seu sofrimento e prolongar ao máximo suas bênçãos. Fazer com que tua alma se readapte a gozar das bem aventuranças do Pai, e louvar a Ele pelo pequenino sofrimento que te foi entregue como aprendizado. Faz-se necessário toda uma mudança de postura diante das dificuldades, mas é possível, acredite! Não há redenção sem sofrimento, porém não há ferida que não cicatrize. Faça fluir as vossas bênçãos e almejai o fim de cada tribulação com alegria logo ao vivencia-la. Isso muda o mundo, isso muda você! 

quarta-feira, 12 de março de 2014

O que nos faz diferentes....

Não existe sentimento mais puro que a compaixão pelo teu próximo. Ah, se todos soubessem como brilham suas almas quando se compadecem do sofrimento alheio, todas as boas energias se aproximam de ti, todos os bons anjos de Deus se prontificam nesta empreitada de caridade. É um mar de bênçãos que recai sobre a vida daquele que ajuda de coração, sem nada esperar, apenas a felicidade do próximo. Já perdemos tanto meus irmãos, não deixemos também perder este último sopro de humanidade. O que seria de nós sem esse amor verdadeiro, sem esse sentimento divino que nos une com Deus. Nunca apaguem esse pequeno feixe de luz que brota de seus corações. Ao sentirem vontade de ajudar faça! Não se preocupe com as consequências, pois naquele instante Jesus segura tua mão e te agradece emocionado, ele confia no teu amor. Segue firme e conspira em favor da caridade, sobrepuja tuas vergonhas e conceitos deste mundo, pois a mão que auxilia é abençoada na eternidade. Muitos te dirão: "Como esperar por algo tão incerto?", e tu responderás: "Incerta é a vida neste mundo, meu Deus é tão certo quanto o ar que respiro". E finalmente ao terminar mais um dia, receba a reconfortante visita de todos os anjos do Senhor a te revigorar a alma, e grande abraço de teu Pai a te dizer: "Me orgulho muito de ti meu filho...". Somos humanos, não se esqueçam, mas humanos divinos.

domingo, 9 de março de 2014

Recomeçar

Não vos inquieteis com todas as mudanças ao teu redor. O céu, as estrelas e até mesmo o clima não são mais os mesmos. É perceptível até mesmo aos cegos de nascença. São tempos de graves mudanças, você pode sentir. A forma como vê as coisas ao teu redor, as mudanças de comportamento e os hábitos perdidos. Tranquileze-se, é necessária esta profunda mutação do mundo e das pessoas, ou não percebe o limite do inconcebível? Sim, a terra continua a girar, pelo menos por enquanto, mas você sente que algo mudou estranhamente. A natureza não reage mais inerte aos desmandos do homem, os animais aproximam-se como que avisando o porvir. De muitas linhas para cá, quanto já refletiu de verdade sobre teu eu interior? Quantas propostas de aprofundamento moral se fez diante de tanta imoralidade que se revela aos teus olhos? Pode não parecer, mas esse problema também é seu, não só sobre tua vida tens responsabilidade, mas sobre a vida do planeta também. Recebeste gratuitamente a vida, a morada e o alimento, e quanto tens retribuído em zelar por estas dádivas que não te pertencem? Ora muito mais sem muito fervor. As palavras que alcançam os céus são aquelas que vem do coração,  as que entorpecem os sentidos e liberam o espírito. O tempo presente como o conheceu já não existe, seus pensamentos fluem em uma direção desconhecida para ti. Percebe hoje que já não consegue se imaginar daqui a vinte anos. Foste enviado a este mundo com um propósito e bem longe dele tens passado, é hora de sentar e ouvir a voz de teu Pai, de retomar o caminho perdido pela falta de prudência em pensamentos, atitudes e palavras. Afugenteis as correntes da matéria e vos deixeis transformar força divina que clama o teu retorno. Começai ainda hoje, após terminadas essas singelas palavras, proponha-se um novo final, novos objetivos espirituais e humanitários. Conversai mais intimamente com teu criador, mostrai a ele tudo que te deixa perdido, alienado e sem forças para reagir. Um passo de cada vez, um grilhão por vez. Permita-se mudar de dentro para fora, seja luz para si antes que querer iluminar aos outros. Ora em segredo com teu Pai antes de deleitar-se em orar em redes sociais. Busca a verdade, busca Jesus em tudo. Sinta-se amado e protegido, transforma-te diariamente. E ao final, receba o bálsamo dos justos, o descanso para o recomeço da verdadeira vida.