quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Meus filhos queridos

Nunca estivera sozinho, estivera cego. Qual o Pai que diante das angústias do filho ignora seus anseios? Sois a parte mais bela de minha obra e tenho reservado a ti todas as maravilhas da minha glória. Estou convosco filhos amados, não duvideis, és parte minha e sou o teu todo. Converse comigo, quero te ouvir, quero enxugar tuas lágrimas, quero te pôr no colo e dizer o quanto te amo. Não me ignorem, mas se o fizer sempre estarei a llhes esperar. Sou vocês e vocês também são divinos, não enganeis a vós mesmos, não pertencem a este mundo, ai estão para evoluir e chegar cada vez mais perto do teu criador. Lutai bravamente pois a minha vitória é certa e vou lhes procurar.
Assinado:  Vosso Pai