quarta-feira, 20 de março de 2013

Sinais dos Tempos 5: Minhas verdades aos escolhidos




Meu irmão não entendes a tua busca incessante pelas verdades de Deus. Não te passa pela mente o que teu Pai quer de ti. Não fostes escolhido para descobrir os mistérios do universo, fostes enviado a este plano para ser luz e iluminar aos teus irmãos que não crêem, não esperam em teu Pai e não o amam. Disseste ao teu coração que teu Pai é o Senhor do céu? Saiba, meu irmão, que precisa voltar a teu Pai, precisa instruir teus irmãos, afastá-los da mentira, do engano do inimigo astucioso. Eu, teu Pai, digo-te sobre a verdade do teu coração, digo-te que és meu missionário e que a ti encomendei grandes coisas. Vai a trabalhar, a lavoura precisa de todos os seus trabalhadores. Observa a tua vida e caminha a mim , e te darei um mundo em sabedoria e luz divina. Das maravilhas feitas por minhas mãos, todas são para meus filhos, todas são meu amor transformado em matéria para que tu e teus irmãos tenham vida em mim, me enxerguem em todas as coisas. Fala ao teu coração em palavras que te confundem a dureza e a falsa sabedoria humana, e hoje venho a ti falar em luz. Esclareço que sou teu Pai e que as verdades são minhas, meu coração está sangrando pelo que vem de destruição e sofrimento ao mundo. O pavor baterá à porta dos meus filhos, preciso dos meus enviados para consolar os corações aflitos. Amo-vos muito e gostaria de mostrar-lhes para onde caminham por não enxergarem esse amor. Lamento os massacres, o sangue que derramam, sofro pela falta de paz nos vossos corações. Mas envio meus anjos em vosso socorro, para que os socorram e os tragam seguros ao meu colo. A terra é tomada pelo mal, pelo espírito desafiador, mas não será tão desconhecido o sentimento entre vós, pois por vossas próprias atitudes já buscavam as sombras. A hora da graça é esta, recebam minha verdade, recebam o meu sangue, abriguem-se em meu coração e não escolham o caminho do mal. Afastai-vos das maldades, não permitais serdes tentados, não ouvis as mentiras do inimigo que veste as vestes da paz, e prosta-se diante do meu trono clamando silenciosamente a satanás e suas hostes. Não vos enganeis, digo-vos novamente, clamai ao espírito santo, este, o espírito da verdade contra o engano do espírito astucioso. Anunciai aos vossos irmãos e formai uma corrente de força contra o mal. Rezem a oração que a vós ensinei, tomem-se pelas mãos, meus escolhidos e não fujam diante do vosso inimigo, pois eu, teu Pai e vosso Senhor, vos dou autoridade contra o mal. Deixo a vós o espírito santo para que possam resistir às ciladas do maligno. De uma ponta a outra do globo, unam-se e preguem a verdade contra o engano. Anunciem a minha vinda e o desajuste que o demônio trama contra o mundo, o fim de todas as coisas não é o fim de meus filhos. Já os prometi céu e terra livre do mal, e os darei em breve, e a paz será sentida por toda a minha criação, farei cair chuva de fogo contra o mal e será dissipado o reino que está em ruínas espiritual. Lavarei com sangue, as curvas e caminhos que levaram a humanidade à perdição. Que por meu nome sejam caladas as bocas dos falsos profetas e os que levaram meus filhos a pecarem, ao engano espiritual. Desses demônios em vestes divinas, não lhes restará nem marcas de sua criação por minhas mãos. Deixo-vos seguro que meus escolhidos serão preservados e protegidos, sobre a marca da minha presença dentro de vós. Meu sangue mostrará ao demônio que estes são os meus filhos. Não será permitido a ele vos tentar a morte espiritual, eu os guardo, eu vos amo, eu vos chamo pelo nome, sede todos meus e nenhum mal os alcançará. Entrego-vos o escudo da fé e da salvação, e a espada do espírito. Empunhem minha palavra contra as mentiras de satanás e sedes participantes na obra de renovação de todas as coisas. Deixo a vós minha benção e fico em vós.

Amém.

terça-feira, 19 de março de 2013

Profecias de São Nilo



São Nilo, Eremita do século V, amigo e discípulo de São João Crisóstomo, Superior de um Mosteiro de
Ancira, na Galácia, morreu no ano 430. Sua Profecia foi inserida na importante obra de Hagiografia:
“Bibliotheca Sanctorum”, vol. IX, p. 1008.

A Vinda do Anticristo

“Depois do ano 1900, por meados do século XX, as pessoas desse tempo tornar-se-ão irreconhecíveis ...
Quando se aproximar o tempo da vinda do Anticristo, a inteligência dos homens será obscurecida pelas
paixões carnais: a degradação e o desregramento acentuar-se-ão. O mundo, então, tornar-se-á
irreconhecível. As pessoas mudarão de aparência, e será impossível distinguir os homens das mulheres,
por causa do atrevimento na maneira de se vestir e na moda de seus cabelos.
Essas pessoas serão desumanas e como autênticos animais selvagens, por causa das tentações do
anticristo.
Não se respeitará mais os pais e os mais idosos. O amor desaparecerá. E os pastores cristãos, bispos e
sacerdotes, serão homens frívolos, completamente incapazes de distinguir o caminho à direita, ou
à esquerda.
Nesse tempo as leis morais e as tradições dos cristãos e da Igreja mudarão.
As pessoas não praticarão mais a modéstia e reinará a dissipação! A mentira e a cobiça atingirão grandes
proporções, e infelizes daqueles que acumularão riquezas!
A luxúria, o adultério, a homossexualidade, as ações secretas e a morte serão a regra da sociedade.
Nesse tempo futuro, devido o poder de tão grandes crimes e de uma tal devassidão, as pessoas serão
privadas da graça do Espírito Santo, recebida no seu batismo, e nem sequer sentirão remorsos.
As Igrejas serão privadas de pastores piedosos e tementes a Deus, e infelizes dos cristãos que restarem
sobre a terra, nesse momento! Eles perderão completamente a sua Fé, porque não haverá quem lhes mostre
a luz da verdade. Eles se afastarão do mundo, refugiando-se em lugares santos, na intenção de aliviar os
seus sofrimentos espirituais, mas, em toda a parte, só encontrarão obstáculos e contrariedades.
Tudo isto resultará do fato de que o Anticristo deseja ser o senhor de todas as coisas, e se tornar o mestre
de todo o Universo. Ele realizará milagres e sinais inexplicáveis.
Dará também a um homem sem valor uma sabedoria depravada, a fim de descobrir um modo pelo qual um
homem possa ter uma conversa com outro, de um canto ao outro da terra.
Nesse tempo, os homens também voarão pelos ares como os pássaros, e descerão ao seio do oceano
como os peixes.
E quando isso acontecer, infelizmente, essas pessoas verão as suas vidas rodeadas de conforto, sem saber,
pobres almas, que tudo isso é uma fraude de Satanás.
E ele, o ímpio, inflará a ciência da vaidade, a tal ponto que ela se afastará do caminho certo e conduzirá as
pessoas à perda da Fé na existência de Deus, de um Deus em Três Pessoas...
Então, Deus, infinitamente Bom, verá a decadência da raça humana, e abreviará os dias, por amor do
pequeno número daqueles que deverão ser salvos, porque o Inimigo desejaria arrastar mesmo os eleitos à
tentação, se isso fosse possível.
Então a espada do castigo aparecerá de repente e derrubará o corruptor e seus servidores.” (Bibl.
Sanctorum, v. IX, p. 1008. Os destaques e os grifos são nossos).


segunda-feira, 18 de março de 2013

Sinais dos Tempos 4: Escutem vosso Pai




Por toda terra fora ouvida minha voz a falar através da natureza e acontecimento, e todo mundo que os envolve. Famílias em desequilíbrio, homens e mulheres, gerações que já não sabem quem são, e por que estão na terra que vos dei. Dei provas aos vossos olhos, clamei pelo choro de vossos filhos, inocentes da minha criação que clamam por justiça. Por todo mundo enviei mensageiros afim de anunciar-lhes a volta de meu filho, e meu pedido para que recorressem a mim, vosso Pai. Muitos profanaram meu nome e de vossa mãe, em prol de alguns outros tantos desnecessários. Ovação em torno da tormenta a que é acometido o mundo. Não, meus filhos, não há tão grande tempo para que se percam uma vez mais de mim e de vossa casa eterna. Os clamores de vossa mãe ecoaram pelo mundo inteiro, foi a ela dada permissão de chegar aos vossos corações. O meu filho Jesus a ela escutou e lhes deu mais algum tempo, que se esgota como areia nas mãos de uma pequena criança. Muitos não me ouviram através da voz dela, outros tantos não mais ouvirão. O engano, o pai da mentira, o ódio e mestre senhor das profundezas, toma a dureza humana e a usa, assim como usa todos aqueles que escutam a minha voz mas não sabem o que digo. Muitos viram e ouviram sobres minhas escrituras, e poucos a tomam como arma contra o inimigo de vossas almas. Repito-vos, tendes sabedoria ao olhares a quem veste-se em túnica límpida. O coração é onde deves olhar, através da luz que penetra os olhos do ser humano, podem ver o que reflete vossa alma. Lamento por toda minha criação, dou a mão, ainda a estendo para que dela não soltem até os últimos dias destes tempos, que são três. Foram pisados, massacrados, e retornaram a mim meus inocentes pela mão humana de quem tomam por divino. Não vedes que divindades, honra e glória só podem dar a mim, vosso Pai? Chorem, mulheres que alimentam no colo seus pequeninos, pois vosso Pai está tomando seu reino profanado. Clamem os que  não entendem, os enlouquecidos, pois até vocês verão a glória de vosso Deus. O espírito do mal em carne humana deu ordem as suas milícias, a invadirem a terra e o coração do homem. Cuidem de vossa mente, coração, e calem vossa boca antes de tomado pela ira, desafiarem a teu Pai. Este é o tempo, e são eles três, e há que terem força, permanecerdes na graça para receberem a mim em vossos corações, para que o mal não os penetre. O grande castelo em ouro balançará, para que ao demônio seja anunciado que eu sou o Pai e o Deus de todos os tempos. O rei disfarçado do Cristo, que caminha pela terra em busca de cobri-la em sombras, será brevemente derrubado. Confiem em minha promessa e permaneçam em mim, só teu Pai pode vos dar alegria e contentação capaz de invadir vossas almas. Não comprometam vossos espíritos com as promessas e feituras do dragão. Não recebam as marcas do falso sacramento, e não entreguem-se em sacrifício em nome de um falso senhor. Recebam de mim todas as bençãos, e saibam que meu amor é capaz de perdoar todos os vossos pecados, sem precisardes comprometer-vos com o mal. Não enxerguem o brilho de uma oferenda falsa, vão meus filhos ao recolhimento de vossos espíritos, e orem. O demônio vos tentará fora e dentro de vós, mas levantai-vos e pronunciais meu nome e eu o afugentarei. Estarão três nações banhadas em sangue e lamento, mas por vós não passará nenhum mal, se a mim colocardes em vossa guarda. Partirão-se céus e terra, e eu não os deixarei nem por um tempo, por que é meu vosso tempo e minha toda a criação. Tremerá toda a terra e muitos verão no céu a marca do meu sacrifício, e naquele dia minha batalha será declarada e varrerei o mal de meus altares. Julgarei todos aqueles que confundiram meus filhos. Sangue jorra de toda a América, meus filhos são tomados pelo maligno e praticam o mal. Comem da carne humana e bebem o sangue de inocentes. Na África há fome, e o mal os toma por isso, levando-os as maiores atrocidades. Na Ásia passará pela terra o que deixará o ar impuro, matando todo alimento nas águas. Na Oceania muitos chorarão os filhos levados por grandes valas e fendas, que partirão a terra. Por todo o planeta estarão meus enviados para orientar meus filhos e recebê-los a vossa casa. Não tenham medo, eu estarei convosco. O lamento da terra fará voltar a mim os que ao pó voltaram, e eu vos receberei em meus braços. O fogo tomará conta de um país que está no controle de todo mundo, calarão o ancião que professa a verdade sobre o mal, mas não calarão a minha voz a exortar o mal dos meus filhos. Desço do meu trono por vós, passo entre vós e podem sentir-me se purificares o coração. Cuidai dos meus pequeninos, deles é o meu reino e a eles entregarei nova terra e novo céu. Banirei o mal da minha criação, e não permitirei que tomem o trono de vosso Pai. Deixo-vos a paz e permaneço em vós.

Amém