quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Manifesto aos que não se guiam pelo Senhor.



Aqueles que buscam a sabedoria já entenderam a verdadeira obra que o Senhor está por desenvolver aqui na terra. Pobre daqueles que ainda caminham pelas trevas das más tendências e não procuram atenua-las de modo que possam reconhecer uma fração da verdade. Um dia meus filhos verão a natureza da minha ira e se libertarão das amarras que os prendem a determinadas atitudes em que teimam continuar tomando. Uma coisa é certa: jamais podereis dizer que não foram avisados daquilo que está por vir, a palavra de Deus Pai Todo Poderoso ressoa aos quatro cantos deste orbe, e poucos são aqueles aos quais essas palavras não chegaram. Ademais, nunca poderão dizer que foram privados de tal tema, pois, de certa maneira, não temos apenas uma fonte de sabedoria e podem alcançar o amor por meio de varias religiões, pelo menos aquelas que o tem como a base de tudo. Pelos caminhos tortuosos que caminham terão muitas aflições, mas os que procuram a paz interior estejam certos, estarão debaixo das asas de nosso Pai. Perscrutem a pureza de vossos corações e não deixem que a paz serena e tranquila seja tomada pela raiva rancorosa ou mal agradecida. Não deixem que a angústia lhes abatam o temor a Deus, ele está por vir e que ver seus filhos o amando como um Pai Divino. Sejam tolerantes e procurem não tomar por guerra as pequenas ocorrências que têm em vossos cotidianos tribulados, já possuem por demais preocupações e trabalho a fazer, então, ao invés de reclamarem tanto, deixem ouvir a voz do coraçõa que ressoa aos ouvidos quando se calam ao invés de dar o troco a qualquer custo. Finalmente chegamos ao limite e não há o que possamos fazer a não ser orar e pedir a paz eterna que nossa Senhora pode nos oferecer. Peço a todos encarecidamente que vibrem com força e fé em direção ao alto e modifiquem os seus olhares para que possam estar em paz na hora da verdade. Ao Senhor Jesus devem pedir socorro quando sentirem fortes vibrações vindas das formas pensamento que já estão por toda parte fazendo que com que haja desarmonia e pavor por todo lado. Fiquem com Deus e sejam todos abençoados.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Mundo de Ponta Cabeça




O mundo tá com uma cara azeda, amarga! Alguém mais tá sentindo isso? Há pelo menos quatro meses não estou vendo graça alguma nesse planeta, nessa nossa terra. E não me venham dizer que estou depressiva. Aqui em casa tá tudo ótimo, parece que o ar ao cruzar a minha porta é diferente e dá pra respirar melhor, talvez isso se dê pela verdade no amor da minha família e na referência que somos uns para os outros. Mas lá fora, O que há? Parece que tá tudo muito cinza, o sol, o céu não tem mais tanto brilho, e não to falando de iluminação e calor. O céu tá estranho e sombrio á noite parece meter medo mais do que quando eu era criança. O sono e os sonhos não são de descanso, há muito cansaço em até ir pra cama dormir. É um tal de dorme acorda, como quem espera algo inesperado. É sério! Quero saber se alguém mais se sente assim, porque aqui em casa já somos quatro sentindo esses reflexos de não sei o que. Seja pela própria violência que oprime o mundo, seja pela maldade que nunca esteve tão latente em boa parte da humanidade. Tem algo de muito errado. Falam os espíritas em uma nova era, uma transição nesse momento, que muitos médiuns poderiam estar sentindo; Falam católicos em um momento de prova para igreja e para humanidade, profetizam catástrofes e clamor por todo o mundo. Seriam essas sensações parte de um aviso? Seria um inconsciente alerta de um perigo eminente? Até ateus e estudiosos que acreditam somente em soluções exatas dadas pela humanidade falam de algo diferente nos ares do planeta. Nunca se viu tanta falta de fé, nunca se viu tanta maldade, nunca em qualquer época da história vimos tanta gente desacreditada da vida, descrente do mundo e das pessoas. Nunca, eu nunca em trinta anos tinha visto tanto mal espalhado pelo mundo. Ameaças ecoam do ocidente, bombas são testadas, pessoas são mortas por causas religiosas, outros tantos lutam para não morrerem de fome, nosso país dá as mãos á um país cuja a tradição de defesa é sempre o ataque. O Brasil há pouco comprou armamento de guerra. Se nossa cultura é de paz, porque agora estamos nos aprontando para uma batalha? Estados Unidos parte em treinamento de soldados ocidentais e trava disputa com outros. O que estará ocultado nessas atitudes e decisões de nossos chefes de estado? NASA fala sobre os perigos eminentes de uma tempestade solar e cala de repente, relatos chegam aos montes de meteoros caindo por todo o mundo, os governos tratam a todos como casos isolados. De ponta á cabeça está até as decisões e revelações do Vaticano. Papa que resolve ser ex-Papa, Igreja que se revela mais pecadora que seus guiados, assumem-se a guerra de poder sobre as decisões do Papado e até declaram não ser mais uma orientação espiritual e sim uma escolha por condições. Tem muita coisa pelas reportagens saindo isoladamente que mais parece uma sequência de avisos. Não sou fanática e nem faço aqui teorias sobre final do mundo, porque eu sempre achei que um dia iria mesmo acabar algo, mas era a humanidade por suas próprias mãos e sua própria podridão. O fato é que gostaria mesmo de saber se há mais pessoas fazendo esse quebra-cabeça nas suas mentes e ao mesmo sentindo-se sem solução para muitas coisas. Já vi inúmeras pessoas falarem sobre a depressão e que para ela caminhava o futuro da humanidade; Porém nunca vi tanta gente ao mesmo tempo sentir-se como se se espera algo inesperado. Sentir-se como se os dias fossem mais curtos, e pouco se pode resolver nessas poucas horas. Os dias estão mais atribulados, as crianças sentem os efeitos disso. Noto em meus filhos uma inquietação diferente, medos que não tinham e certa ausência de si mesmos. Posso está falando ao vento, são assim mesmo as palavras no silêncio desse mundo que pouco quer saber sobre a verdade. Mas espero sim que minhas perguntas e angústias por esse momento sejam sanadas por Deus, por alguém enviado e até quem sinta o que sinto em meio a humanidade. Se falta paz e amor dentro das pessoas e antes isso não refletia ao redor do mundo, hoje o mundo fala sozinho sobre o mal que fizemos há ele e há quem ache que tudo caminha a um futuro e eu já acho que não há mais tanto tempo para pensarmos sem consertar os erros do passado. Não sei se haverá tempo para reverter tudo, minimizar os danos, consertar o desacerto que há no mundo, mas dentro de mim mora há vários dias a certeza que precisamos fazer algo. Quem for crente, nisso falo em todas as religiões e credos, que reze e peça perdão. Quem tiver as suas certezas apenas na carne e no homem, que procure melhorar-se no que puder, e saber que não se precisa acreditar para ver como o mundo está e que é necessário que cada um dê um passo para mudança.
Lia Joca